Isto de passar o ano dá muito trabalho, e é uma festa

Durante as gravações para a “Revista do ano que vem”, o Rui do Ó a experimentar as fotos do seu telefone novo, Lourenço Medeiros, Futuro Hoje
Durante as gravações para a “Revista do ano que vem”, o Rui do Ó a experimentar as fotos do seu telefone novo.

É simbólica a passagem do ano, esse simbolismo tem muitos aspectos práticos importantes. Tentamos aprender com o que fizemos e preparar o que aí vem. Para os jornalistas são momentos de reflexão e com muito trabalho entre bolo-rei para a família e responder a mais um texto ou um vídeo que temos mesmo que fazer e com data certa.

Mais das gravações para o primerio Futuro Hoje de 2018, foto Rui do Ó, Lourenço Medeiros, Futuro Hoje, SIC
Mais das gravações para o primeiro Futuro Hoje de 2018, foto Rui do Ó.

O que mais me diverte é provavelmente fazer a revista do ano que vem, o que prevejo que aí venha. Está quase terminada e não posso publicar já porque vai estrear no Jornal da Noite de terça dia 2. Isto se se as minhas previsões para esse dia se concretizarem 😉

Deixo aqui, mesmo no meio do artigo, o formulário para subscrever o blogue lourencomedeiros.eu. Assim aviso quando a reportagem estiver online.

  • Subscrever Blog via email

    Indique o seu endereço de email para subscrever este site e receber notificações de novos artigos por email.


Só como aperitivo deixo aqui um vídeo mistério (em bruto) que vai entrar na reportagem e é mais do que parece, acredito que será um prato forte.

Agora passo no Entretenimento e já volto à Informação .

Enquanto discutíamos os méritos das fotografias com os nossos telemóveis fiz esta. Lourenço Medeiros, Futuro Hoje, SIC
Enquanto discutíamos os méritos das fotografias com os nossos telemóveis fiz esta

A Rita Ferro Rodrigues e o João Baião (grandes fãs de tecnologia ao que me dizem), convidaram-me para passar no Juntos à Tarde, a propósito do fim dos ano e de estarmos a comemorar uma década de Futuro Hoje,  Um convite de dois grandes profissionais que foi pretexto para mostrar coisas diferentes, sem dúvida, pode ver só esta parte do programa aqui.

Enquanto não chegamos lá, para eu explicar o resto fica aqui o principal do que me ocupou entre Natal e fim de ano.

Claro que fiz uma recolha do mais importante do Futuro Hoje de 2017. Tive que deixar muitas reportagens de fora, e o fim, sobre os dez anos do Futuro Hoje é um orgulho muito especial. Tanto que tive que pedir ajuda para fazer.

Esta é a ligação ao vídeo sobre o melhor do Futuro Hoje de 2107.

E esta leva ao único Futuro Hoje que não foi assinado por mim, a visão da Joana Latino sobre os 10 anos da rubrica do Jornal da Noite.

E claro pode ver as reportagens todas deste ano, e mais alguns exclusivos online AQUI.

O Ano em Revista na SIC Online

jornalistas na revista do ano de 2017 para blogue, Lourenço Medeiros, Futuro Hoje
O ano em revista em muito boa companhia

É uma tradição os directores e editores da SIC falarem do ano que passou ou das suas expectativas para o ano que vem. Eu, a minha área, é mais o Futuro.

A minha contribuição gravada está AQUI, tenho que dar à SIC Online uma foto com uma expressão mais simpática.

Os destaques de todas as áreas da Informação com os jornalistas da SIC AQUI.

Para o mesmo trabalho da SIC Online, escolhi como figura do ano o inevitável. A jornalista Rita Pedras explica porquê neste texto a que deu como título “Elon Musk, o visionário que quer colonizar Marte”. Mas isto é só o título pois quase não há área importante para o nosso futuro, que Musk não queira transformar.

“Em matéria de novas tecnologias, o ano de 2017 ficou marcado pela Web Summit, pelos lançamentos do iPhone X e da Nintendo Switch, o salto para os carros autónomos, a corrida das empresas privadas ao espaço, a ascensão dos mordomos virtuais, a deteção de ondas gravitacionais, a acentuada subida de valor da moeda virtual, o fim do roaming de dados na Europa, os primeiros auscultadores equipados para tradução simultânea e a mais recente atualização do sistema operativo Windows 10.”

Esta foi a lista de eventos do ano que entreguei. E o André de Jesus juntou razões e algumas reportagens sobre cada um destes grandes temas. Mais do que recordar há muito para aprender.

Na revista Visão publiquei 5 páginas, com a minha visão do Futuro que bem gostava de colocar aqui. Ainda lhes vou pedir para fazer isso depois de passar a semana de publicação. A revista esta semana teve duas edições especiais para guardar, uma sobre o ano que passa, outra sobre o ano que vem. Naturalmente é no número sobre 2018 que escrevi, com o acrescento de 5 “coisas” que  acredito que vão ter grande destaque. Esta passagem de ano marca também uma grande mudança para a Visão e para o Grupo Impresa que agora se concentra na SIC no Expresso e nas publicações digitais.

É com enorme orgulho que tenho escrito para a Visão Online, devo sublinhar isto, e desejar um enorme sucesso a todos os seus profissionais agora que a publicação está prestes a deixar o Grupo Impresa.

Este foi o artigo da Visão Online de Dezembro e já tem que ver com o tema.

 

 

2 comentários em “Isto de passar o ano dá muito trabalho, e é uma festa”

  1. Boa noite. Sigo com particular interesse as suas reportagens. É um mundo com o qual me identifico, o das novas tecnologias. Desejo-lhe um ano de 2018 em cheio. Por cá, continuarei a seguir atentamente e avidamente as suas reportagens. Forte abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *