Fotografia na vertical e fraudes na Internet – Vi no meu Telemóvel – 2 fevereiro 2018

O concurso mais vertical é de fotografia

Nem toda as imagens são na vertical. Este pescador foi fotografado com um drone por Zay Yar Lin para a Skypixel
Nem toda as imagens são na vertical. Este pescador foi fotografado com um drone por Zay Yar Lin para a Skypixel

É verdade que quase todas as imagens são feitas com a mesma perspectiva. De cima para baixo na vertical. Mas garanto que vale a pena. A diversidade a qualidade e a imaginação destes fotógrafos com drones, bem que valem a visita ao site e nem tem que se levantar de onde  está. No link são dados a conhecer os vencedores do concurso Skypixel de fotografia com Drones.

O concurso é organizado pela DJI que praticamente domina o mercado destas máquinas voadoras. O que lhe dá também a responsabilidade de organizar coisas destas.

Veja os resultados do concurso AQUI.

Defender o cliente 1

O malware vem normalmente disfarçado em aplicações e jogos gratuitos para chegar a mais aparelhos
O malware vem normalmente disfarçado em aplicações e jogos gratuitos para chegar a mais aparelhos

Não é nada fácil defender o cliente. Só num ano a loja de aplicações da Google, a Google Play, detectou e proibiu 700 mil aplicações com malware a coisas do género. Basicamente aplicações feitas para outros fins que não os anunciados. Aplicações que tentam roubar os nossos dados ou usar o poder dos processadores dos nossos telefones em proveito de outros.

Defender o cliente 2

Quando a esmola é demasiada o pobre devia desconfiar...mas continua a querer acreditar
Quando a esmola é demasiada o pobre devia desconfiar…mas continua a querer acreditar

O Facebook proibiu toda a publicidade a moedas virtuais e a ICO. ICO são ofertas de moedas virtuais criadas por empresas para se financiarem fora dos mercados regulados. Esta questão das moedas virtuais ainda vai dar muito que falar mas a aldrabice é tanta que o Facebook vai fazer pagar o justo pelo pecador. Ou seja, há sempre um grande risco em investimentos em moedas virtuais e mercados não regulados. Fala-se muito das valorizações da bitcoin e de outras moedas, mas também se devia falar nas fortunas que se desvanecem simplesmente no espaço virtual. Ou seja, quem investe nestas coisas deve saber muito bem o que está a fazer e ter de preferência os fundos necessários para poder perder todo o investimento sem ficar a passar fome. Ora, como sempre, já tinham sido publicados demasiados anúncios a prometer investimentos sem risco com lucros milionários para sacar as economias da grande maioria de nós, os que não percebemos nada disto. Por isso, agora nem anúncios bem ilegítimos com este tema.  A empresa ainda pede que se algum deles escapar aos seus filtros seja denunciado pelos utilizadores da rede social.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *